top of page

As tuas emoções convidam-te a mexer !

Somos energia, e energia é movimento.

Todos nós conhecemos essa sensação, quando o nosso humor vai abaixo sem mais nem menos. Ou quando somos subitamente atingidos por uma onda de raiva ou ansiedade. Estas são as nossas emoções e, por vezes, parecem ter vida própria.


Mas o que são de facto as emoções? Segundo a ciência, são literalmente "energia em movimento". Estão lá para nos fazer mover, para nos fazer reagir. São como faíscas, ajudando-nos a avançar ou, por vezes, abrandando-nos. Mais importante ainda, se aprendermos a "seguir o nosso fluxo emocional", elas podem ajudar-nos a curar !


As nossas emoções são criadas pelas reacções químicas que ocorrem no nosso cérebro. Estas substâncias químicas provocam alterações físicas no nosso corpo, que sentimos como sentimentos.


Por isso, da próxima vez que te sentires em baixo, zangada ou ansiosa, lembra-te que é apenas energia em movimento. Isso vai passar. E, entretanto, tenta aproveitar a onda!


O problema é quando encontramos formas de impedir que a energia se mova através do nosso corpo... e acabamos por armazenar as emoções nas nossas células. Algumas das formas que aprendemos a contornar as nossas emoções incluem a dissociação, a dependência, o perfeccionismo, o julgamento de nós próprios e a crítica dos outros. Eventualmente, as emoções não processadas começam a aparecer como sintomas físicos ou doenças.


Muitos de nós fomos condicionados, através da experiência da infância, a fugir de sentir os nossos sentimentos. Ainda mais na idade adulta, em que muitas vezes há pouco ou nenhum espaço para exprimir a gama de emoções que sentimos (especialmente em ambientes profissionais), pelo que nos habituamos a exprimir as nossas emoções de formas com que as pessoas à nossa volta se sintam mais confortáveis.


No meu caso pessoal, isto incluía agradar às pessoas, abandono de mim própria e supressão das minhas reacções para evitar conflitos ou críticas. No final, senti-me esgotada, exausta e zangada. A verdadeira profundidade das minhas emoções ficou presa no meu corpo e começou a deixar-me doente.


Sentir plenamente os nossos sentimentos, tanto os agradáveis como os desagradáveis, é um dos caminhos mais potentes para a cura. Quando nos permitimos sentir plenamente as nossas emoções, elas podem mover-se através de nós e ser libertadas. É por isso que é tão importante não engarrafar as nossas emoções.



Incorporar as nossas emoções é uma prática fundamental para o nosso bem-estar e equilíbrio mental, emocional e físico.


Da próxima vez que sentires qualquer tipo de emoção, permite-te senti-la completamente e vê se a consegues libertar depois. Poderás ficar surpreendida com o facto de te sentires muito melhor depois de teres libertado essa energia emocional.


Que possas começar a tornar-te amiga dos teus sentimentos e a recuperar o poder sobre o teu próprio bem-estar 💗


Ninguém foi feito para sobreviver, mas sim para se sentir plena e maravilhosamente vivo.


Experimenta como é mudar a tua energia, sentir-te leve e livre no teu corpo e na tua mente; Como é libertar tensão e emoções reprimidas, deixando de lado a necessidade de controlar, planear e organizar.


Permite-te deixar ir o que já não te serve e dá-te a liberdade de viver verdadeiramente 🦋


A prática desta semana é uma forma de voltar ao nosso corpo, permitir que as emoções se movam através de nós e fazer com que os sentimentos saiam do nosso sistema nervoso.


Oferece a ti mesma estes 15 minutos e permite-te circular a tua energia da cabeça aos pés, reconectando-te contigo mesma e com o teu belo corpo.


Feliz libertação 🕊️



Comments


bottom of page